Autores: Fernando Kunzler, Bárbara Conte (orgs.), Júlio Bernardes, Leonardo Francischelli, Luiz Carlos Prado, Marcelo N. Viñar, Marco Aurélio Rosa, Nilson Miranda, Silvia Brandão Skowronsky, Thomas Hobbes

Resenha: A humana experiência com a Violência cria uma condição de aniquilante impotência que representa um desafio à compreensão. As inúmeras habilidades e talentos dos homens, construídos desde períodos ancestrais, e mesmo que sempre evoluindo desta condição de tempo imemorial, não são ainda suficientes nem para conter e menos ainda para iluminar um pensar sobre a Violência.

A partir da correspondência entre Freud e Einstein sobre a guerra, reunimos nossas reflexões num texto comum, resultado de nosso debate grupal. A atualidade destas cartas no desafiou a refletir inúmeras alternativas de soluções ainda não pensadas para aplacar a violência.